Conforme a orientação da CNE/CES 492/2001 do Ministério da Educação (MEC) a formação do bibliotecário supõe o desenvolvimento de competências e habilidades e o domínio dos conteúdos da Biblioteconomia. O egresso além de estar preparado para enfrentar com proficiência e criatividade os problemas de sua prática profissional, deve produzir e difundir conhecimentos, refletir criticamente sobre a realidade que os envolve, buscar aprimoramento contínuo e observar padrões éticos de conduta.

Considerando a inserção do Curso de Biblioteconomia na região do Cariri cearense, que destaca-se nacionalmente por sua diversidade cultural, ambiental, religiosa e potencial empreendedor, bem como a necessidade de formação de bibliotecários(as) que possam atender à demanda nacional, de maneira colaborativa, crítica, reflexiva e criativa.

Delineia-se nesse contexto do Cariri cearense o perfil profissional pautado na ética, responsabilidade social, sustentabilidade, a partir dos seguintes eixos:

  1. Educador, mediador e agente social para o uso de informação;
  2. Consultor do campo informacional e patrimonial;
  3. Gestor de unidades de informação;
  4. Técnico no tratamento da informação.

Neste sentido, deverá ser capaz de atuar junto a instituições e serviços que demandem intervenções de natureza informacional variada, com foco na inovação e uso das tecnologias: bibliotecas,  centros de documentação ou informação, centros culturais, serviços ou redes de informação, órgãos de gestão do patrimônio cultural etc.

css.php